“Estagiários não são ‘escraviários’: 64% acabam efetivados; o alto desemprego entre jovens fazem do estágio uma grande oportunidade” (Folha de S. Paulo, 13/03/2012).

O ESTÁGIO VISA A PREPARAÇÃO PARA O TRABALHO PRODUTIVO DE EDUCANDOS QUE ESTEJAM FREQUENTANDO O ENSINO REGULAR E FAZ PARTE DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO.